Aventura em Moçambique

Abril 18 2014

Assim que saímos do aeroporto a roupa colou-se ao corpo! Sente-se um vento quente, ouvem-se várias músicas africanas vindas de dentro dos carros, gera-se a confusão de sons dos carros, vêm-se pessoas de várias nacionalidades (africanos, indianos, europeus) e eu por momentos senti-me confusa e perdida! Aparecem logo rapazes moçambicanos, que sem pedirem licença, agarram nas nossas malas e colocam-nas nos carrinhos, levando-os até aos nossos carros, e exigindo de imediato algum dinheiro! A rapidez e ao mesmo tempo a simplicidade deles é tal que não há forma de negar.

Entro no carro e quando começamos a andar desisti de olhar para a estrada, porque tudo era ao contrário! Parece que andamos em contra-mão, além disso aqui as estradas nao têm praticamente marcações, e ninguém respeita ninguém no trânsito! É um autêntico salve-se quem puder! Se já vinha com a cabeça a flutuar da viagem, pior fiquei quando andei de carro.

Estacionamos em frente ao prédio e quando saio do carro para atravessar a estrada olho para a esquerda e depois para a direita e quase que levei com um carro em cima! Olhei ao contrário!

Depois de conseguir descarregar 7 malas e levá-las até a um 30º andar (onde moro!) eis que não há nada em casa para comer e a malta até está com fome! Descemos e vamos embora para o restaurante Madeirense (já falei neste restaurante/bar num post anterior). Confesso que fui porque não queria ser desmancha-prazeres, porque na realidade só queria mesmo uma cama para dormir! Musica alta, um ambiente acolhedor e engraçado, e uns petiscos como bolo do caco, feijoada de leitão, pataniscas de bacalhau, uma carne frita tipica madeirense que não me recordo do nome (sorry, o cansaço não ajudava) e uns cubos de milho fritos, e uns funcionários muito simpáticos!

Gostei mas não consegui aproveitar o melhor daquele momento porque a minha cabeça estáva exactamente como se estivesse ainda dentro do avião (a voar). Até a turbolencia parecia que sentia!!!

Cheguei á cama e finalmente aterrei.

publicado por Vandinha às 23:25

Este blog é dedicado à nossa familia e amigos, que apesar da distância fisica, estão sempre no nosso coração. É uma forma de estarem perto de nós e de seguirem o nosso dia-a-dia nesta grande aventura!
mais sobre mim
Abril 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17

21
22
23
26

27
30


pesquisar
 
Contador de Visitas
blogs SAPO