Aventura em Moçambique

Agosto 29 2013

Nestes dias um ex-colega meu com quem trabalhei durante uns bons anos falou comigo, para me dizer que também vai para Moçambique! Aliás, ele vai primeiro que eu, pois vai apenas com o visto de turista que é bem mais rápido (sim o nosso visto para residir lá continua sem ser visto, eheheh, foi um trocadilho). Vai trabalhar lá e ficar durante uns anos. Tem vantagens de ter familiares lá, coisa que eu não tenho. Alías, já aqui disse várias vezes que não tenho lá NINGUÉM, ninguém mesmo, nem familia, nem amigos, nem conhecidos, nem nada.

Há cerca de 2 semanas atrás, em conversa com uns vizinhos dos meus pais, ao informá-los que ia para Moçambique, tambem o vizinho me diz que vai a Maputo muitas vezes, em trabalho!

Com isto, já tenho lá 2 pessoas conhecidas, DUAS!!! Parece uma multidão! Para mim é esse o significado, uma multidão. Nem sabem o que me conforta saber que tenho lá duas caras conhecidas... e quanto mais o tempo passa, ao ir falando com as pessoas, tenho a certeza que ainda irei encontrar mais pessoas. É muito bom esta sensação de que talvez não estarei assim tão sozinha lá... o mundo é pequeno, sem dúvidas, e isso é bom, muito bom! Tenho esperança de encontrar lá muitos portugueses, e gente conhecida, e tambem conhecida de conhecidos meus.

Este é o meu maior medo, confesso... chegar lá e não ter ninguem conhecido, nem uma cara familiar, não conhecer nada, nenhum lugar, tudo ser estranho e diferente á minha volta, o ambiente, a comida, os cheiros, os barulhos, a casa, a cama, a casa de banho, o prédio, os locais, as lojas, etc etc etc. Tudo diferente, tudo estranho. Já vivi um pouco disto, quando viajo para outros países, mas é totalmente diferente, pois quando vou de férias é com a certeza de que irei voltar ao conforto da minha casa daí a uns dias. Neste caso não é assim. Irei voltar sim, é esse o meu objetivo, mas irei viver lá uns tempos. E este facto muda tudo.

Portanto, ter pessoas conhecidas lá é uma ajuda preciosa neste desafio que tenho pela frente. A socialização é muito importante para conseguirmos ultrapassar a fase de adaptação e espero sinceramente arranjar conhecidos, amigos, enfim, pessoas com quem me possa socializar, o mais rapido possivel.

E com isto, continuamos á espera que o visto fique pronto.

 

 

publicado por Vandinha às 16:47

Este blog é dedicado à nossa familia e amigos, que apesar da distância fisica, estão sempre no nosso coração. É uma forma de estarem perto de nós e de seguirem o nosso dia-a-dia nesta grande aventura!
mais sobre mim
Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
15
16
17

18
19
21
22
23
24

26
28
30
31


pesquisar
 
Contador de Visitas
blogs SAPO