Aventura em Moçambique

Novembro 29 2014

Senhores, as trovoadas aqui são de fugir!!! Se pensam que ja assistiram a grandes trovoadas em Portugal, caros amigos, ainda não viram nada. Aqui a norma é, de pelo menos, umas 5 ou 6 ao mesmo tempo. Quando está muito calor durante o dia e, ao aproximarem-se as 18h/19h sente-se um bafo quente, ė trovoada que aí vem. As trovoaas tropicais costuma começar assim. Ao longe surgem os primeiros raios e percebe-se logo que vem aí um "montinho" delas. Quando ela se aproxima começamos a ver os raios a cair... sim aqui é costume cairem raios. Eles são tão fortes que descarregam na terra. Quando as ditas trovoadas estão mesmo em cima de nós, resta-nos rezar a todos os santinhos. Ė que mesmo para aquelas pessoas que dizem não ter medo, são realmente assustadoras. Inclusive aqui vão-se ouvindo histórias de raios que cairam em cima de casas e pessoas, provocando sérios danos e sendo fatais. Morando eu num 30° andar, tenho perfeita visibilidade, e tenho bem presente na minha memória a última trovoada que aconteceu há uma semana atrás, onde eu vi um raio a cair em cima de um prédio mesmo aqui em frente ao meu. A sorte é que os prédios aqui da cidade, na sua maioria, têm pára - raios, senão os estragos seriam grandes. Não duvido que o prédio onde resido já tenha levado com uns quantos em cima. Confesso que nao me tinha preparado psicologicamente para isto e apanhei um belo susto. Portanto, aqui fica um conselho para quem vem para Moçambique: preparem-se para as trovoadas tropicais.

publicado por Vandinha às 15:12

Novembro 04 2014

Antes de mais peço desculpa pela ausência aos leitores do blog! Andei um pouco mais ocupada e infelizmente o blog teve que ficar para trás. Bom, mas voltando a esta aventura... ja há algumas semanas que andava para escrever este post sobre o modo de vida, o custo de vida etc etc. Já aqui foi falei algumas vezes sobre esta questão, mas continuo a receber e-mails de vários leitores colocando imensas dúvidas a este respeito. Compreendo que esta seja a dúvida maior de quem está a ponderar vir para Moçambique, mas como não consigo responder individualmente a toda a gente, (mil desculpas) aqui fica (mais) um post sobre isto, pode ser que vos consiga ajudar.

 

Custo de vida

Claramente mais caro que em Portugal! A comida, a restauração, a roupa, os electrodomésticos, a saúde, enfim, tudo, tudo é mais caro que em Portugal. Podem contar com o dobro (excepto as bananas, as mangas, as papaias e os côcos!). Ah! A luz e o gás tambem são mais económicos, e o combustivel tambem ė ligeiramente mais barato. Ora bem, mas este custo pode variar de acordo com a zona para onde vão viver! Se for na cidade de Maputo sem dúvida que ė tudo o dobro do preço (no minimo!). Se forem para outras zonas os preços descem um pouco. Portanto, quando me perguntam o custo de uma casa em Moçambique, convém serem mais especificos, pois pode ir de 400 dólares até 5 mil dólares! No centro de Maputo, se tiverem sorte, conseguem apanhar um T1 numa zona considerada razoável por cerca de 650/700€. Claro que há zonas dentro da cidade mais caras que outras, mas aconselho vivamente a morarem numa zona considerada boa e segura (minimamente) mesmo que tenham que pagar mais. Nao posso falar sobre a vida fora do "ninho de vespas" (nome fofinho que chamo a esta cidade que nao dorme!), mas a meu ver, apesar de ser uma vida cara, se tiverem oportunidade de viverem no centro será sempre vantajoso no sentido em que têm tudo! Hipermercados, hospitais, clínicas, vários restaurantes e cafés, centros comerciais, etc etc... a mudança de Portugal ou outro País europeu para cá nunca é facil porque são ambientes e modos de vida muito diferentes, então se forem para uma zona longe do centro e menos desenvolvida, pior será. Portanto, quando negociarem com uma empresa a vinda para cá, o melhor será mesmo terem casa e carro incluídos (já que os transportes públicos apresentam fracas condições comparativamente ao que existe em Portugal) e calcular as despesas mensais que possam ter com valores a dobrar do que gastam em Portugal. Dúvidas?

 

Modo de vida

Bom, aqui neste tema, por mais que eu tente ser isenta, é impossivel evitar a minha opinião. Para mim foi uma mudança de quase 180 graus! É tudo muito diferente de Portugal. Eu costumo aplicar o provérbio "primeiro estranha-se, depois entranha-se". A parte do "entranha-se" nao é para todos. Há quem não consiga adaptar-se e eu, depois desta experiência, consigo compreender na perfeição que não consegue. Estou cá ha pouco mais de 6 meses e ja estou mais que adaptada, mas a diferença é abismal. Aqui no centro esta cidade é uma loucura. Quando saimos á rua, nem que seja para ir apenas até ao café, tudo pode acontecer. Cada dia é uma aventura e não há dias iguais aqui em Maputo. O trânsito esta cada vez mais caótico, aliado á desorganização, é um salve-se quem puder. Eu já aprendi a conduzir por aqui, mas não é tarefa fácil. Depois as ruas estão sempre cheias de gente de um lado para o outro, e claro, muita gente a vender de tudo nas ruas, sempre atrás de nós ou a chamar-nos para tentar a sorte. Mãe, mãe, mãe, ou amiga, amiga, é assim que nos chamam! Além destas situações, temos sempre muita gente a pedir dinheiro, principalmene crianças, e temos os arrumadores de carros que querem sempre lavar o carro para ganhar mais uns trocos. Ė uma cidade barulhenta, nao só pelo trânsito (aqui apita-se por tudo e por nada) mas principalmente pela quantidade de obras na cidade. Há muita construção, seja de edifícios, seja de intervenções nas estradas e passeios. Canos rebentados a inundar as ruas também é normal. Portanto, venham preparados para a confusão. Confesso que neste tema (modo de vida) gostaria de ser mais especifica, mas ė tão difícil! E porquê?? Perguntam bem. Porque África tem que ser vivida e sentida! Nao existe forma de a descrever, ou pelo menos, é dificil de o fazer. Os posts que vou deixando, acompanhados de algumas imagens, tenho sempre esse intuito, o de tentar passar de uma forma mais clara possível a vida por cá, mas mesmo assim sei que nao estou a conseguir fazê-lo de maneira a passar-vos as verdadeiras sensações que aqui temos. Apesar de todo este dia a dia parecer stressante, (que pode ser por um lado), nao tenho duvidas que temos mais qualidade de vida.Mas cada caso é um caso e não quer dizer que seja assim com toda a gente. Há uma ideia "errada" de que tudo aqui é fácil. Mentira! Até há quem diga que isto é um paraíso. Eu não acho! Se fosse assim, não havia tanta pobreza e tanta doença. Aqui há muito por fazer, o País está a andar para a frente, mas nao é nenhum mar de rosas. Costumo brincar que há quem se meta no avião rumo a Maputo e ja é patrão e rico! Atenção! Nao ė esta a realidade. Mas sim, é um País cheio de oportunidades, coisa que em Portugal infelizmente nao acontece actualmente.

publicado por Vandinha às 15:04

Este blog é dedicado à nossa familia e amigos, que apesar da distância fisica, estão sempre no nosso coração. É uma forma de estarem perto de nós e de seguirem o nosso dia-a-dia nesta grande aventura!
mais sobre mim
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28

30


pesquisar
 
Contador de Visitas
subscrever feeds
blogs SAPO